A partir da próxima quarta-feira (07) estarão em funcionamento 107 câmeras de monitoramento das ruas e espaços públicos da cidade de Capão da Canoa. Alguns equipamentos também têm tecnologia para realizar reconhecimento facial para identificar criminosos e auxiliar a Polícia em investigações de crimes.
Dezessete câmeras possuem capacidade de monitorar um ângulo de 360º. O projeto de cercamento eletrônico está sendo concluído como recursos próprios do município em um investimento de R$ 2,5 milhões.
Será o primeiro do município do Litoral Norte a implantar o Gabinete de Gestão Integrada (GGI).Servidores de secretarias municipais, representantes da Brigada Militar e da Polícia Civil e da Justiça devem atuar de forma conjunta para definir ações de combate à criminalidade e permitir a redução dos índices de violência na nova estrutura.
Para o Prefeito de Capão da Canoa, Amauri Magnus Germano, segurança pública é dever do estado, mas responsabilidade de todos, cabendo assim ao município atuar de forma mais intensa na prevenção primária do crime.
“É necessário ouvir todas as partes, para que, em conjunto, possa se verificar o que pode ser feito e o que é necessário a aumentar a segurança na cidade e a Prefeitura está fazendo o seu papel”, reforça.
 
 
Fonte: Litoral na Rede