De 31 de maio a 2 de junho aconteceu o XVI Congresso Litúrgico Internacional, no Mosteiro de Bose, Itália, com o tema “Arquitetura de Proximidade – Ideias de Catedral; experiências de comunidade.
O Congresso, que ocorre todos os anos, reúne arquitetos, engenheiros, artistas, teólogos, liturgistas, religiosos e religiosas que, durante três dias, recolhem-se no Mosteiro Ecumênico de Bose, norte da Itália, para tratar de assuntos relacionados à arquitetura do espaço sagrado.
Neste ano contou com mais de 200 participantes de 15 diferentes países tratando sobre o tema principal – a importância da proximidade na relação entre igreja e comunidade. Ou seja, como as pessoas vivenciam sua experiência de fé dentro do espaço da igreja e seu entorno, como as praças, as ruas que circundam a igreja, e como a comunidade se apropria desses lugares também como espaços de celebração comum, na intenção de estar cada vez mais próximos uns dos outros.

Da Diocese de Osório, participou representando a Comissão de Arte Sacra, o arquiteto e urbanista Alencar Massulo de Oliveira, que é responsável por alguns projetos de construção e reformas de igrejas na Diocese.