Está ocorrendo, desde ontem, 26, a Consulta Popular em todo o estado do Rio Grande do Sul, por meio dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento – Coredes, e seguirá até amanhã, 28 de junho.
Para o município de Torres ser habilitado a receber os recursos em qualquer um dos 10 programas em votação pela Consulta Popular, é necessário um mínimo de votos. Torres precisa alcançar o mínimo de 1465 votos. Até o final da manhã desta quarta-feira, 27, conforme a última parcial divulgada, o município de Torres teria apenas 247 votos.
Se o município não alcançar o mínimo de 1465 votos, independente do programa que a população vote, – saúde, segurança, agricultura, entre outros – Torres não vai receber nenhum valor para investimentos nessas áreas.
No momento, o município vizinho, Dom Pedro de Alcântara, já superou o seu mínimo de votos necessários. Dom Pedro de Alcântara precisava de 144 votos e já alcançou 440 votos. O município de Osório precisa de 1815 votos e já conta com 1136, já bem perto de ficar habilitado a receber recursos para os programas mais votados pelos eleitores osorienses.
A Rádio Maristela, sempre atenta e comprometida com a sua comunidade, com essa nota esclarece a importância da Consulta Popular para a cidade e reforça o pedido que todos nós possamos voltar online ou de forma presencial, na busca da habilitação do município de Torres e, por consequência, a cidade vai receber recursos financeiros para os programas que a população irá escolher como os mais importantes para a cidade.
 
Para votar, basta apresentar o seu Título de eleitor.
Vamos divulgar essa informação e votar na Consulta Popular.
 
Votação online:
No site votars.gov.br
 
Votação presencial em Torres:
– Hospital Nossa Senhora dos Navegantes
– Prefeitura de Torres
– Atacado Macromix
– Padaria Central
– Padaria Vosso Pão
– Padaria Água na Boca
 
Participe!