Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Repressão ao Roubo de Veículos, do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DRV/Deic), deflagrou ontem, terça-feira (02), a segunda fase da Operação Barão, em oito municípios do Estado.
Em Capão da Canoa, um homem alvo da ação policial foi preso em flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo. Com ele, os policiais apreenderam uma pistola calibre 380. Segundo a Polícia Civil, essa fase da operação tem como o objetivo de obter provas contra uma organização criminosa especializada em diversas fraudes, como simulação de roubos, furtos e acidentes de veículos, para obtenção de vantagens financeiras.
Além de Capão da Canoa, foram realizadas ações em Canoas, Viamão, Alvorada, Cachoeirinha, Gravataí, Capão da Canoa, Eldorado do Sul e Porto Alegre. Ao todo, policiais civis prenderam quatro pessoas. Três deles tiveram a prisão temporária decretada pela justiça. Foram apreendidos documentos e demais elementos de prova.
 
 
Fonte: Litoral na Rede