A Secretaria Estadual da Saúde e o Ministério da Saúde anunciaram, na última semana, que após o fim da campanha da vacinação contra a gripe, na sexta-feira (31), que as doses restantes seriam disponibilizadas a toda a população.

Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil / Arquivo

No Litoral Norte, no entanto, a maioria dos municípios não tem mais doses. De oito municípios da região, entre eles os mais populosos, apenas em dois havia vacinas disponíveis na manhã desta segunda-feira (03): Capão da Canoa e Santo Antônio da Patrulha. Em Tramandaí, Imbé, Osório, Torres, Cidreira, Balneário Pinhal não há mais doses, apenas as de reforço para crianças.

Tramandaí

O secretário municipal da Saúde, Luciano Saltiel, informou que as doses da vacina da gripe que restaram estão reservas para o reforço das crianças e o restante do público alvo, que ainda não fez a vacina. “Não tivemos reforço no repasse de vacinas que nos permitisse abrir para toda a população”, disse.

Imbé

O secretário municipal da Saúde, Tirres Emerim, informou que não há mais vacinas disponíveis. “Se o Estado mandar mais, ofertaremos aos outros grupos”, disse.

Capão da Canoa

A Secretaria Municipal da Saúde informou que todos os postos de saúde ainda tinham algumas doses da vacina da gripe no início da manhã desta segunda-feira (03). Cerca de 300 doses foram disponibilizadas para pessoas que não integram os grupos prioritários.

Osório

A Prefeitura informou que não há mais doses da vacina da gripe e que o município atingiu a meta de vacinação com mais de 14 mil doses aplicadas. Segundo o secretário da Saúde, Emerson Magni, caso o município receber mais vacinas, a população será avisada.

Santo Antônio da Patrulha

De acordo com a Prefeitura, há doses da vacina disponíveis em todos os postos de saúde do município e estão disponíveis a toda a população.

Torres

A Prefeitura informou que a meta da vacinação dos grupos prioritários foi atingida e que não há mais doses da vacina da gripe.

Cidreira

A Prefeitura informou que durante a campanha de vacinação foram aplicadas mais de 5,4 mil vacinas e que não há mais doses disponíveis.

Balneário Pinhal

A Secretaria da Saúde informou que restaram poucas doses da vacina e que será avaliado com a Coordenadoria Regional de Saúde, na tarde desta segunda-feira, se serão disponibilizados à população em geral ou se será reservados a integrantes de grupos prioritários que ainda não foram imunizados.

Fonte: Litoral na Rede