Na manhã desta terça-feira, 26 de janeiro, policiais da 4ª Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) enviados para a Operação Verão que, seguindo no acompanhamento do foragido, aproveitaram a proximidade e articularam a prisão de W.D.S.R, na cidade de Passo de Torres/SC, contra o qual havia Mandado de Prisão Preventiva em decorrência da prática do crime de homicídio. A ação ocorreu com o apoio da Delegacia de Polícia de Torres, sob a coordenação do delegado Juliano Aguiar de Carvalho, e da Polícia Civil de Santa Catarina (PCSC).

O preso é, juntamente a outros indivíduos, suspeito de executar Yohranh da Silva Bica, de 21 anos, fato ocorrido na madrugada de 22 de novembro de 2020, no bairro Ponta Grossa. Segundo apurado, os autores invadiram a residência onde a vítima se encontrava e o executaram com diversos disparos de arma de fogo, expondo a risco outras testemunhas e, inclusive, uma criança de 4 anos a qual se encontrava junto a vítima, no quarto onde foi morto.

Segundo à investigação, a motivação teria sido uma desavença entre a vítima e W.D.S.R, o qual, após ir ao local onde a vítima se encontrava bebendo com amigos e ser agredido por este, foi embora e retornou com mais dois indivíduos, os quais a vítima também possuía desavenças em razão do tráfico de entorpecentes. Os outros dois executores foram identificados, estando um foragido até o momento. Foi encaminhada cópia do procedimento com a identificação do terceiro indivíduo ao Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (DECA), tendo em vista este ser adolescente.

Após a adoção das medidas de costume, o preso será encaminhado ao sistema prisional onde ficará à disposição da justiça.

Central de Jornalismo – Rádio Maristela, com informações da Polícia Civil