Prefeitos da Associação dos Municípios do Extremo Sul Catarinense (Amesc) estão estudando o rombo orçamentário no Consórcio Intermunicipal de Saúde da Amesc (Cisamesc), com o objetivo de reestruturá-lo.

Foto: Divulgação

O estudo está sendo comandado pelo atual presidente do consórcio e prefeito de Ermo, Paulo Della Vechia. Ainda no final de janeiro, todos os municípios da Amesc optaram por aderir ao Consórcio Intermunicipal de Saúde da Amrec (Cisamrec).

A ação foi tomada justamente porque o consórcio regional já não estava dando conta de atender toda a população e, para que a região não ficasse sem medicamentos, foi acordada a nova parceria. Ainda não há uma definição concreta do tamanho do rombo orçamentário do consórcio, mas estima-se que gire em torno de R$ 17 milhões, referentes a gestões passadas.

A expectativa é de que em 30 a 60 dias a resposta sobre o tamanho do déficit e os próximos passos para reestruturação do consórcio sejam anunciados pela diretoria.

Fonte: 4oito