Nas últimas 24 horas, o Rio Grande do Sul notificou 406 novos casos de coronavírus, sendo esta a média de contaminação mais baixa desde julho do ano passado.

A média móvel apontou 1.006 novos registros diários da doença, em comparação a 954,6 casos observados em 15 de julho de 2020, época em que a pandemia estava em ascensão. Porém, esse identificador de forma isolada não pode representar fielmente o cenário atual da pandemia no Estado.

Mesmo que a queda do número de novos casos no sistema de monitoramento seja um dado positivo, deve-se levar em consideração a quantidade de testes aplicados no período e o prazo em que foi notificado. O registro de novas hospitalizações por Covid-19 se mantém estável nas duas últimas semanas.

Quanto às internações em leitos de UTI, após período de queda significativa desde o final de maio, passaram a oscilar acima de 600 pacientes a cada sete dias neste mês. Para ter certeza desses dados, será necessário acompanhar a demanda por vagas nos próximos dias, para saber se realmente houve queda na média móvel.

O mais recente boletim diário da Secretaria Estadual da Saúde (SES) divulgou que ocorreram três óbitos por Covid-19 em um período de 24 horas, número mais baixo de mortes relacionadas ao coronavírus desde 08 de novembro de 2020, há quase dez meses. 

Em dados gerais, do total de pessoas que já contraíram o vírus no Estado, 97% estão recuperadas. O equivalente a 0,6% está em acompanhamento, e 2,4% perderam a vida para a pandemia. 

Com informações da GZH/Marcelo Gonzatto

Foto de capa: Divulgação/PME