O bispo da Diocese de Osório, dom Jaime Pedro Kohl, anunciou no sábado, 25 de setembro, durante a reunião do Conselho Diocesano de Pastoral (CDP), que a Assembleia Diocesana de Pastoral 2021 será presencial no dia 23 de outubro, iniciando às 9h com a Santa Missa na igreja São Pedro, em Terra de Areia e, após a celebração, a Assembleia seguirá até às 15h. A Celebração Eucarística será transmitida pela Pastoral da Comunicação (Pascom) para o Facebook e Youtube da Diocese e compartilhada no Facebook das 23 paróquias que compõem a Diocese.

Na reunião do CDP, formado pelas lideranças que animam a vida eclesial, foi apresentada a metodologia de trabalho da Assembleia, a qual terá como objetivo principal aprovar o novo Plano Diocesano de Pastoral, que foi desenvolvido por representantes de diversos setores pastorais durante a pandemia.

A Assembleia deve reunir todos os padres, diáconos, seminaristas, membros da vida consagrada, coordenadores DIOCESANOS das pastorais, movimentos, grupos e os coordenadores dos Conselhos Paroquiais de Pastoral. Além desses, são convocados também os coordenadores do Conselho Missionário Paroquial (COMIPAs), da catequese, da liturgia, da animação vocacional, da Pastoral do Dízimo, das Pastorais Sociais, da juventude, dos movimentos de casais e da Pastoral da Comunicação (Pascom).

De acordo com o bispo dom Jaime Pedro, citando o Regimento da Diocese de Osório, a Assembleia Diocesana de Pastoral ocorre anualmente e é considerada a instância máxima do processo de participação do povo de Deus e expressão da representatividade na Diocese. Sua finalidade principal é colaborar no discernimento, encaminhamento e desenvolvimento da ação evangelizadora na Diocese.

Neste ano, por conta do avanço da vacinação contra a Covid-19, alcançando já os adolescentes e dose de reforço aos idosos, decidiu-se realizar a Assembleia de forma presencial. Para a participação é exigido o uso de máscara e álcool gel. Pede-se de levar também a caneca personalizada da Diocese da última assembleia, lanche para partilha. Cada paróquia levará um símbolo que a representa (pode ser um estandarte quanto mais artesanal melhor). Cada setor força preparará a ambientação de sua sala com os seus símbolos. No local será oferecido almoço.

Fonte: Melissa Maciel / Ascom Diocese de Osório