No dia 23 de outubro de 2021, sábado, em Terra de Areia, acontecerá a Assembleia Diocesana de Pastoral (ADP). Na ocasião será feito o lançamento do 3º Plano de Pastoral Diocesano, cuja redação iniciou-se com a ADP de 2019.

Ao longo desses quase dois anos, apesar das limitações decorrentes da pandemia de COVID-19, os grupos de trabalho que articulam nove forças pastorais presentes na Diocese deram continuidade a um processo de planejamento que resultou em 40 projetos a serem desenvolvidos nos próximos anos. O trabalho da Coordenação Diocesana de Pastoral permitiu colocar em diálogo os nove grupos, ampliando horizontes e integrando iniciativas.

Cada projeto é uma oferta que os grupos de trabalho fazem a toda a Diocese em função da atuação missionária. Isso fica evidente na “justificativa missionária” de cada projeto, a qual explicita o motivo da presença dele dentro do Plano de Pastoral desta Diocese que fez opção pela MISSÃO como eixo articulador de suas ações.

Na Assembleia Diocesana de Pastoral se fará o lançamento da versão impressa do Plano de Pastoral Diocesano, na qual, de cada projeto, se torna conhecido o nome (o quê?), o objetivo geral (para quê?) e a justificativa missionária (por quê?).

Em uma versão digital, disponível no site da Diocese, além desses elementos, se encontrarão os objetivos específicos, as etapas e a metodologia para alcançá-los (como?), as pessoas envolvidas (com quem?), locais (onde?) e datas (quando?) dos projetos. Essa versão digital será dinamicamente atualizada pelos grupos de trabalho em sintonia com a Coordenação Diocesana de Pastoral, que deve acompanhar a execução das ações propostas.

A Assembleia Diocesana de Pastoral iniciará às 9h, na igreja São Pedro de Terra de Areia, e será concluída às 15h. O evento será na modalidade presencial e espera-se contar com representantes de todas as paróquias, especialmente os coordenadores dos Conselhos de Pastoral Paroquiais (CPP), os responsáveis ou articuladores da missão, das catequeses, da liturgia, da animação vocacional, da pastoral do dízimo, das pastorais sociais, das juventudes, dos movimentos de casais e da Pascom.

Fonte: Ascom Diocese de Osório / Melissa Maciel