O Clero da Diocese de Osório formado pelos padres diocesanos e religiosos, diáconos e o bispo diocesano, dom Jaime Pedro Kohl, está reunido em assembleia anual em Cidreira, na Casa Tiberíades, local mantido pelo próprio clero através da Associação Fraterno Auxílio, entre a tarde de segunda-feira, 25 de outubro e a próxima quarta-feira, 27.

Na oportunidade, o clero estará dedicado a um tempo de encontro, de cuidado e partilha de vida, além de avaliar e planejar a ação evangelizadora da Igreja Particular de Osório, por meio das suas 23 paróquias.

O primeiro dia da Assembleia, assim como nos anos anteriores, foi conduzido pela Pastoral Presbiteral e pela Associação dos Padres da Diocese de Osório (Apado), abordando temas como zelar pela saúde física, psíquica e afetiva dos presbíteros.

O segundo dia será dedicado ao 16° Sínodo dos Bispos, convocado pelo Papa Francisco. Pe. Tiago de Fraga Gomes, doutor em Teologia (PUC-RS), assessorará o estudo sobre os aspectos teológicos da sinodalidade. Na sequência, Pe. Luciano Motti, doutorando em Teologia Bíblica (Pontifícia Universidade Gregoriana) apresentará ao clero como se dará a fase diocesana do Sínodo na Igreja na Diocese de Osório, com a etapa da Escuta. Também nesse dia, o diácono Antônio Heliton Alves apresentará o tema sobre a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e a Pastoral Presbiteral.

Já no terceiro e último dia da Assembleia, com a mediação do coordenador diocesano de pastoral, Pe. Marlon Ramos Lopes, doutorando em Teologia com especialização em Liturgia (Instituto de Liturgia Pastoral) o clero se dedicará ao planejamento das ações evangelizadoras para 2022 a partir do III Plano de Pastoral Diocesano e das impressões colhidas da Assembleia Diocesana de Pastoral ocorrida no sábado, dia 23 de outubro, em Terra de Areia. Também será dedicado à agenda da Diocese para o próximo ano, levando em consideração os cuidados necessários para se conter a pandemia de COVID-19.

Por fim, na Assembleia também serão atualizados os referenciais das Pastorais, Serviços, Movimentos Eclesiais e Ministérios Leigos para o ano de 2022, que são os responsáveis por acompanhar, orientar e animar, de modo articulado com as demais, as estruturas que dinamizam a ação evangelizadora diocesana.

O Encerramento da Assembleia está previsto com a Celebração Eucarística e almoço de confraternização.

Fonte: Ascom da Diocese de Osório / Melissa Maciel