Na manhã desta quinta-feira, 11 de novembro, na Sede Social do Sindicato dos Servidores Municipais de Torres (SIMTO/CEPENTO), as instrutoras do Proerd da Cia Polícia Militar local da Brigada Militar finalizaram o ano letivo do Proerd. Durante o ano de 2021, foram realizadas aulas do Proerd em escolas de Torres no sistema híbrido, com aulas presenciais e virtuais.

Foto: Divulgação BM

Mesmo com algumas dificuldades para a plena interação dos alunos, as instrutoras do Proerd conseguiram organizar uma gincana com a participação das turmas de 5º ano das escolas atendidas. Diversas tarefas foram realizadas e na manhã da quinta-feira as turmas se reuniram para o resultado final da competição.

Estiveram presentes mais de 300 crianças, envolvendo nove escolas e 16 turmas de 5º ano. O evento contou com a colaboração de policiais militares da Força Tática, da PATRAM, do Corpo de Bombeiros, da Secretaria Municipal de Educação, do Projeto Social de Primeiros Socorros, dos Acadêmicos de Enfermagem da ULBRA/Torres e de um professor de muay thai, sendo que eles explanaram aos alunos as peculiaridades de cada profissão, além de interagir com os alunos em brincadeiras e competições.

O Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) é a adaptação brasileira do programa norte-americano Drug Abuse Resistence Education – D.A.R.E., surgido em 1983. No Brasil, o programa foi implantado em 1992, pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, e hoje é adotado em todo o Brasil.