Valor do espetáculo, que poderia chegar a R$ 200 mil, será investido em obras de infraestrutura

O prefeito Ique Vedovato esteve reunido com o vice-prefeito Régis Cacetinho e com o titular da Secretaria Municipal de Turismo, Desporto e Cultura (SETURDEC), Uiraçu Pinto, na tarde da última segunda-feira, 06 de dezembro, onde foi decidido que Imbé não terá mais queima de fogos de artifício silenciosos no Réveillon.

O motivo do cancelamento, de acordo com o prefeito, seria a incerteza em relação ao comportamento da pandemia nas próximas semanas e com a nova variante do coronavírus, já presente no Brasil e Rio Grande do Sul.

O prefeito também apontou que o valor que seria gasto com os fogos será investido em obras: “Gastaríamos entre R$ 150 mil e R$ 200 mil com o espetáculo pirotécnico e vamos investir esse recurso em obras de infraestrutura na cidade”, frisou Ique.



Foto: Ilustrativa