O Geoparque Caminhos dos Cânions do Sul promove palestra para a segurança das comunidades do território e de especial interesse para profissionais que trabalham com turismo.

Hidrologia e prevenção de desastres naturais” é o tema da palestra que será ministrada por especialistas que desenvolvem estudos nas bacias dos Rios Mampituba e Araranguá. O evento acontece hoje, 11 de abril, segunda-feira, a partir das 19h, no auditório da Ceprag em Praia Grande.

A atividade é gratuita, aberta ao público e faz parte da programação em comemoração ao Dia Latinoamericano e Caribenho do Geoturismo, promovido pela Rede Geolac.

Confira a programação completa:

Mapeamento de áreas susceptíveis a enchente/inundação e ao rompimento de barragem: Claudia Weber Corseuil (professora da UFSC). Eng. Florestal pela UFSM (RS); Dra. em Agronomia (Energia na Agricultura) pela UNESP de Botucatu (SP); Pós-doutorado em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental (IPH/UFRGS). Atualmente é professora associado da UFSC; coordenadora do laboratório de Água, Floresta e Energia (HidroFEN) do Centro de Tecnologias e Saúde da UFSC/Campus Araranguá.

Monitoramento e modelagem voltada à segurança em trilhas: Marina Refatti Fagundes (doutoranda em Recursos Hidricos e Saneamento Ambiental – UFRGS). Formada em Engenharia Ambiental pela UFRGS. Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental do IPH/UFRGS. Atualmente, doutoranda no mesmo programa de Pós-Graduação e membro do Grupo de Pesquisas em Desastres Naturais (GPDEN).

Estudos gerais de hidrologia para a gestão de risco de desastres: Masato Kobiyama (professor da UFRGS). É imigrante do Japão desde 1991. Obteve o título de doutorado em Engenharia Florestal pela UFPR em 1994. Atualmente é professor titular no Instituto de Pesquisas Hidráulicas (IPH) da UFRGS, membro do Grupo de Pesquisas em Desastres Naturais (GPDEN) do IPH/UFRGS e também membro do Global Alliance of Disaster Research Institutes (GADRI) da Universidade de Kyoto.

>> Com informações da Ascom PMPG