Foi aprovado na Comissão de Cultura da Câmara Federal na última quarta-feira, 11 de maio, o Projeto que concede o título de Capital Nacional do Balonismo para Torres, já que sedia o maior Festival de Balonismo da América Latina.

Em Brasília, várias tratativas foram realizadas pelo prefeito de Torres, Carlos Souza, e secretariado para a conquista do título. Muito satisfeito, o prefeito destaca a importância do título para o município, reconhecendo que o mérito é em consequência do esforço de muitos. Citou o trabalho do vereador Gibraltar Vidal junto ao deputado federal Alceu Moreira, autor do projeto (PL 9073/2017). Também citou a articulação da ex-vereadora Zete Silveira com a deputada federal Maria do Rosário, responsável pela relatoria do PL e única gaúcha na Comissão de Cultura.

O Projeto de Lei que confere a Torres o título de Capital Nacional do Balonismo tramita no Congresso Nacional desde 2017, mas a luta está sendo considerada ganha pela administração municipal, visto que o processo está na fase final de assinaturas.

O Festival Internacional do Balonismo ocorre regularmente há 32 anos, sendo considerado um dos três maiores do mundo, junto com Albuquerque, nos Estados Unidos, e Chateau D’Ouex, na Suíça. Além do tradicional Festival, Torres vem se tornando numa cidade formadora de balonistas nos últimos anos, com cerca de 30 pilotos locais competindo no Brasil e mundo afora e também proporcionando voos turísticos de balão pela cidade. Um dos melhores exemplos é do piloto torrense João “do Balão” que pela primeira vez na história de Torres terá um representante no Campeonato Mundial de Balonismo que em setembro acontece na Eslovênia.

Com informações da PMT