Pela terceira vez no segundo semestre de 2021, um caminhão do Corpo de Bombeiros Militar (CBMSC) de Passo de Torres estragou enquanto se deslocava para atender uma ocorrência.

Na noite da última segunda-feira, 06 de dezembro, a guarnição se deslocava para atender um incêndio em uma estufa de fumo na localidade de Nova Fátima, em São João do Sul, quando o caminhão parou de funcionar. Uma guarnição de outro município foi acionada pelo Centro de Operações de Bombeiros (Cobom) para assumir a ocorrência.

Chegando no local, o proprietário informou aos bombeiros que a rede elétrica já estava cortada e que os mesmos estavam evitando com mangueiras de jardim que o incêndio se alastrasse para o restante da edificação.

O caminhão que estragou substituía a viatura principal do quartel de Passo de Torres, que desde agosto deste ano está em manutenção, após estragar duas vezes em um período de menos de uma semana, enquanto se deslocava para atender ocorrências.

Em contato com a central de jornalismo da Rádio Maristela, o tenente-coronel Luiz Felipe Lemos, comandante do 4º Batalhão de Bombeiros Militar, com sede em Criciúma, informou que há um processo licitatório em andamento para a compra de um novo caminhão para Passo de Torres, ainda sem data prevista.

Enquanto isso, com a proximidade do verão, época em que tradicionalmente aumentam as ocorrência, a população do sul catarinense se preocupa com a insegurança que a falta da agilidade no deslocamento de uma guarnição causa, em caso de incêndio.