Os pardais das rodovias federais do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina voltaram a registrar multas. Como houve repasse de recursos para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), os equipamentos foram religados a partir da última quinta-feira (21).
Os controladores de velocidade haviam sido desligados em 11 de novembro por falta de dinheiro para pagamento das empresas donas dos pardais. Os equipamentos monitoram 241 faixas de tráfego: 123 nas rodovias gaúchas e 118 nas catarinenses.
Fonte: ClicRBS