Foto: Patram/BM

Uma operação para coibir crimes ambientais, como a caça e pesca ilegal, foi realizada neste sábado (06), pela Patrulha Ambiental da Brigada Militar (Patram) na Lagoa do Casamento, em Palmares do Sul. De acordo com a Patram, dois homens foram surpreendidos e
autuados pela prática ilegal de pesca profissional em período de defeso (piracema).
Ao todo, foram apreendidos quatro mil metros de redes de pesca e 40 quilos de pescado da espécie Bagre. O material apreendido foi encaminhado ao depósito do 2º Pelotão Ambiental de Osório. As redes, segundo a Patram serão destruídas. Os peixes serão doados, após serem avaliados.

Fonte: Litoral na Rede