Nos últimos onze anos, o Rio Grande do Sul teve uma morte a cada 3 horas e 28 minutos, em média, nos feriados de Páscoa. A data festiva preocupa por ser a quarta com mais mortes nas vias gaúchas – a média de óbitos por dia de feriado é 6,9, ficando atrás apenas do Dia das Mães (8,6), Dia dos Pais (7,2) e Dia do Trabalho (7,1).
Por essa razão, as autoridades estarão em campo buscando coibir comportamentos de risco desde a zero hora desta quinta-feira (29) até a meia noite de domingo (1º de abril). Serão quatro dias de Operação Viagem Segura, ofensiva de combate à acidentalidade que chega a sua 86ª edição.
Analisando os acidentes da Páscoa no período de 2007 a 2017, o DetranRS identificou que a grande maioria das ocorrências fatais ocorreram nas rodovias (66%). Esses dados contabilizam os óbitos após 30 dias de acompanhamento dos feridos, além das mortes no local divulgadas no final dos feriados.
 

Fonte: Litoralmania