O alto preço dos combustíveis e a falta de segurança nas rodovias federais são alguns dos motivos que levam os caminhoneiros a realizar uma manifestação na manhã desta segunda-feira,21, na BR 101 em Araranguá.
De acordo com um dos organizadores, a manifestação é uma forma de conscientização. “Mais de 80% dos produtos são transportados pelos caminhoneiros e a cada dia está mais difícil trabalhar neste ramo. Queremos conscientizar a população sobre a falta de valorização da nossa categoria”.
O manifesto acontece a nível nacional durante esta segunda-feira, 21. “Todos os estados estão mobilizados neste ato, no Rio Grande do Sul, Paraná e em Santa Catarina a manifestação já é uma realidade. No nosso estado, trechos como o de Itajaí estão totalmente paralisados”.
O que mais assusta os caminhoneiros é o preço dos combustíveis, comenta Odair Pereira. “Em três meses o preço do combustível praticamente dobrou e isso é frustrante para nós”.
Na BR 101 em Araranguá o trecho paralisado foi nas nas proximidades da Polícia Rodoviária Federal. A via não foi fechada, mas houve a queima de pneus e uma forte fumaça tomou conta e dificultou o tráfego dos pequenos veículos.
 
Fonte: w3 Revista