O nono dia da paralisação dos caminhoneiros é marcado por expectativa. De acordo com o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Vale do Araranguá, Jair Ferraz, a categoria aguarda a votação no Senado da isenção das cobranças de Pis, Cofins e Cide. Segundo Jair, na noite de ontem, 28, uma grande reunião foi realizada em Três Cachoeiras, um dos maiores pontos da greve em todo o país.
O presidente do Sinttravale fala da repercussão do movimento na região. “A população não apenas se uniu à categoria, mas comprou essa briga que é de todo o Brasil. O movimento fica cada vez mais fortalecido, os caminheiros estão decididos a não voltar para a estrada até a votação.”.
Enquanto as reivindicações da categoria não são atendidas, a população continua se mobilizando em prol aos caminhoneiros. Nesta terça-feira, pela manhã, uma reunião na Câmara de Dirigentes Lojistas de Araranguá deliberou  sobre a paralisação do comércio e uma nova passeata em apoio ao movimento.
 
Fonte: W3 Revista