Por volta das 11 horas da manhã desta terça-feira (16), o trabalho de separação de lixo foi suspenso na Usina de Reciclagem, localizada na Estrada da Laguna, em Capão da Canoa.
De acordo com a Brigada Militar (BM), os funcionários encontraram um suposto artefato explosivo, parecido com uma bomba. O material tinha até relógio digital.
A área foi evacuada e isolada pela BM para a averiguação do material encontrado. A equipe antibombas do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) de Porto Alegre, pelo segundo dia consecutivo, esteve no município para realizar os procedimentos para o desmantelamento do suposto artefato explosivo. O Corpo de Bombeiros Militar e o Samu também foram acionados.
Segundo a BM, a suposta bomba era falsa e foi destruída pela equipe do BOPE, por volta das 17 horas, com um canhão d’água. Os policiais constataram que não havia nenhum material explosivo e se tratava de um simulacro,
construído com material de cano de papelão, semelhante a fogos de artificio.
Na manhã de ontem, uma falsa bomba, deixada em frente à Escola Estadual Luiz Moschetti provocou a suspensão das aulas, o bloqueio do trânsito de veículos e pedestres, e deixou os moradores apavorados.
 
Fonte: Litoral na Rede