A equipe de investigação da Delegacia de Capão da Canoa prendeu, nesta segunda-feira (24), o ex-prefeito de Cruz Alta, Juliano da Silva. O político estava foragido desde o início de abril, após ter a prisão decretada pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

O ex-prefeito é investigado por desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro no período em que foi gestor do município do Norte do Estado.

A Polícia Civil vinha monitorado endereços de Juliano da Silva no Litoral Norte. Um agente, no entanto, reconheceu o ex-prefeito foragido, nesta segunda-feira, no momento em que ele tentava abastecer o seu veículo em um posto de combustíveis de Capão da Canoa.

O ex-prefeito de Cruz Alta, Juliano da Silva é investigado por desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro.