O aumento de alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), pegou empresários e consumidores de surpresa. Isso porque, o atual Governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, se comprometeu, durante a campanha eleitoral, em não elevar a carga tributária.

Porém, desde a última quinta-feira, 01, o governo autorizou o aumento de impostos de 7% para 17% dos seguintes: Agrotóxicos, água mineral, carnes de aves, carne suína, gás de cozinha, erva mate, banha suína, pães especiais, sardinha em lata, massas não básicas, peixes in natura, queijo prato e muçarela, misturas para pães e atum em lata.

Segundo especialistas em finanças, a atitude do Governo estadual foi drástica e equivocada. O aumento de 17% irá encarecer ainda mais a vida de que vive com o salário mínimo que não sofreu reajuste no período.

Fonte: W3 Revista