“O que isto quer dizer para você?”. Esta era a pergunta que o pai dirigia ao pequeno Joel Portella Amado, quando tinha 9 anos, após voltarem da banca de revista, onde comprava para o filho um fascículo da Bíblia e revistas infantis.

Foi desta forma, que o bispo auxiliar do Rio de Janeiro (RJ) e secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Joel Portella Amado, teve o seu primeiro contato com as sagradas escrituras. O mês de setembro é dedicado ao Mês da Bíblia na Igreja Católica no Brasil, e pela oportunidade, o secretário-geral da CNBB em entrevista ao portal da CNBB, falou da necessidade de a Bíblia estar disponível, em diferentes formatos, para as pessoas.

Contudo, o maior desafio para dom Joel é fazer a palavra de Deus chegar ao coração e à vida. Dom Joel fala também do esforço que a CNBB está fazendo para que a palavra ocupe a centralidade na vida das comunidades eclesiais missionárias, como defende as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (2019-2023).

Confira a entrevista na íntegra em: www.cnbb.org.br

Fonte: CNBB