De 16 de novembro a 10 de dezembro, alunos da educação infantil e do ensino fundamental do Estado responderão provas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) de 2021. O projeto é uma realização do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e tem por finalidade avaliar e diagnosticar a qualidade da Educação Básica brasileira. A avaliação também gera dados e indicadores que subsidiam a elaboração e o monitoramento das políticas educacionais do país.

Segundo a coordenadora de avaliações institucionais da Seduc, responsável pelo Saeb no Estado, Salete Albuquerque, a participação dos estudantes é fundamental. “Este é o principal instrumento de avaliação da qualidade do ensino que temos no país. As notas, juntamente com os dados do fluxo escolar, resultam no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). A colaboração das nossas escolas é fundamental”, explica.

Foto: Reprodução Internet

A edição deste ano contará com a participação amostral de turmas de escolas da Educação Infantil, por meio de questionários, a aplicação amostral de provas de Língua Portuguesa e Matemática para turmas do 2º ano do Ensino Fundamental e de provas de Ciências Humanas e Ciências da Natureza para turmas de 9º ano do Ensino Fundamental. Serão aplicados também, questionários eletrônicos para diretores, secretários municipais de Educação e professores ou auxiliares de sala da Educação Infantil.

O Sistema de Avaliação da Educação Básica é aplicado a cada dois anos e permite produzir indicadores educacionais de regiões, unidades da federação e, quando possível, de municípios e escolas do Brasil. O exame também permite avaliar a qualidade, a equidade e a eficiência da educação praticada nos diversos níveis governamentais.

Com informações da Ascom/Seduc, Diego da Costa