O governo do Rio Grande do Sul, por meio da Secretaria da Saúde, realizou na última quarta-feira, 5 de janeiro, o pagamento de R$ 840 mil aos 28 municípios que aderiram à terceira fase do Testar RS, programa estadual de testagem de Covid-19.

Na fase atual do programa, iniciada em novembro e com duração prevista até março, participam os municípios gaúchos que registram aumento da população nos meses de verão, como os do Litoral, da Serra e da Fronteira, devido ao fluxo de turistas, e também aqueles com mais de 100 mil habitantes.

No Litoral Norte, receberam o repasse os seguintes municípios: Torres, Capão da Canoa, Tramandaí, Xangri-Lá, Osório, Cidreira e Palmares do Sul.

Os recursos, de R$ 30 mil por município, pagos em parcela única, permitirão às prefeituras manter pontos de realização de testes rápidos de antígeno da população por livre demanda, independentemente da pessoa apresentar sintomas da doença, e em locais de grande movimento, seguindo todos os protocolos de isolamento de possíveis casos positivos.

De acordo com a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica, do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), Tani Ranieri, o teste de antígeno é uma forma eficaz e barata de rastreamento, e a testagem em larga escala por livre demanda da população é uma proposta utilizada mundialmente.

“Precisamos dar todas as condições aos municípios, neste momento de maior circulação de residentes e não residentes do Estado, de detectar em tempo oportuno os casos que possam ser assintomáticos e sensibilizá-los da necessidade de permanecerem isolados”, explicou.


Fonte: SECOM RS