A Secretaria Estadual da Saúde (SES) dá início, nesta segunda-feira, 17 de dezembro, à distribuição do primeiro lote de vacinas pediátricas contra a Covid-19 no Rio Grande do Sul. Todo o processo ocorrerá por meio terrestre, contemplando as 18 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRS) que dividem o território gaúcho.

Segundo a pasta, Porto Alegre terá acesso ao contingente mais expressivo desta remessa. A Capital receberá 6480 doses do imunizante produzido pela Pfizer/BioNTech – número que representa quase 11% das 59,1 mil doses enviadas pelo Ministério da Saúde ao Rio Grande do Sul na semana passada. A aplicação das vacinas, no entanto, só começará na quarta-feira – fazendo com que o Estado seja a última unidade federativa a vacinar o público de 5 a 11 anos.

A decisão de adiar o início da campanha foi pactuada entre as prefeituras, que vão usar o tempo extra para estruturar as salas que receberão os pequenos e os seus familiares. A orientação é de que o ambiente seja decorado de forma lúdica, já que cada paciente levará cerca de 20 minutos para ser atendido.

Em Torres, segundo a assessoria de comunicação do município, a vacinação se dará por agendamento por telefone, em ramais que ainda serão divulgados. A vacinação irá ocorrer em no Posto Central e em ESFs.

Confira a quantidade de vacinas destinas aos munícipios do litoral norte para crianças com comorbidades e indígenas:

Arroio do Sal- 50

Balneário Pinhal- 70

Capão da Canoa- 290

Capivari do Sul-  30 – 10

Caraá- 40 – 10

Cidreira- 80

Dom Pedro de Alcantara- 10

Imbé- 110

Itati- 10

Mampituba- 20

Maquiné- 30 – 20

Morrinhos do Sul- 10

Mostardas- 60

Osório- 220 – 20

Palmares do Sul- 50 – 10

Santo Antonio da Patrulha- 200

Tavares- 30

Terra de Areia- 60 – 10

Torres- 170 – 30

Tramandaí- 270-

Três Cachoeiras- 50

Três Forquilhas- 20

Xangri-Lá- 100



Fonte: SECOM RS