São 28 anos de história e quase 70 missionários enviados no projeto Igrejas Solidárias, uma parceria entre a Igreja Católica do Rio Grande do Sul e a Arquidiocese de Nampula, no norte de Moçambique.

A equipe hoje integra os padres Luiz Weber (Diocese de Santo Ângelo) e Camilo Pauletti (Diocese de Caxias do Sul) e as leigas Maria Bernardete Acadroli (Diocese de Caxias do Sul) e Maria Isabel Tromm (Diocese de Joinville – SC). Esta equipe missionária tem como principal preocupação manter um olhar voltado para a realidade da população local, acompanhando e se integrando à comunidade da Vila de Moma, no litoral do norte de Moçambique.

Desde 1994, a atuação das equipes missionárias priorizou as áreas da saúde, educação, promoção da mulher e direitos humanos, aliadas ao atendimento religioso e pastoral. Atualmente, a equipe missionária é responsável pelo acompanhamento a duas paróquias que somam mais de 150 comunidades e mantém dois projetos sociais na área da educação: uma Biblioteca Comunitária que recebe por dia em torno de 100 alunos e o projeto de alfabetização e reforço escolar Murima Wa Mwana (Coração de Criança), que conta com 12 turmas, 153 alunos e 20 voluntários.

A Coleta de Pentecostes

Para garantir a sustentabilidade da missão, a Igreja do Estado conta com a solidariedade dos fiéis de todo o Rio Grande do Sul. Na celebração de Pentecostes – este ano dias 04 e 05 de junho – todas as paróquias e capelas do Rio Grande do Sul realizam a coleta que mantém esta e outras ações missionárias.

A coleta, repassada integralmente pelas arqui/dioceses ao Conselho Missionário Regional, tem por finalidade manter e fortalecer o Projeto Igrejas Solidárias – Missão Moçambique, com o envio e sustento dos missionários/as. Também apoia a articulação do Conselho Missionário Regional no Estado, que promove formações, encontros missionários e colabora com as Pontifícias Obras Missionárias e com projetos missionários na Amazônia.

A colaboração de cada um faz a diferença e nos impulsiona para a missão, a partir desse compromisso concreto, em terras moçambicanas, junto ao povo macua. Que nossa Coleta de Pentecostes seja em todo Rio Grande do Sul um profundo gesto de amor e solidariedade.

ATENÇÃO: Você também pode contribuir diretamente pela conta:

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil

Banco Sicredi

Cooperativa: 0116

Conta Corrente: 82987-2

Fonte: CNBB Sul 3