A Prefeitura Municipal de Torres realizou na noite de ontem, terça-feira, 14 de junho, uma Audiência Pública para apresentação do Projeto de Lei do Estacionamento Rotativo Tarifado através da Comissão do Rotativo Municipal.

A Audiência iniciou com a explanação a respeito do tema pelo Presidente da Comissão Permanente de Transparência e Membro do Conselho do Patrimônio Histórico de Torres, Maik Scheffer, que apresentou uma retrospectiva histórica sobre o número de veículos na cidade, comparando o crescimento. De acordo com a apresentação, os números evidenciam a necessidade de uma forma que democratize e reorganize o espaço público.

Ao todo, serão criadas 1796 vagas, sendo delas: 36 vagas para portadores de necessidades especiais; 90 vagas para idosos; 1670 vagas destinadas a veículos comuns e 90 vagas para motocicletas (as vagas de motocicletas não fazem parte das vagas somadas).

Durante a audiência, foi citado que este estudo vem sendo desenvolvido deste o ano de 2018 para averiguar e efetivar a implementação do projeto, seguido da apresentação dos mapas da cidade, detalhando sobre receita, multas, entre outros tópicos nas duas áreas a serem criadas no sistema de Estacionamento Rotativo: Área Azul, que se concentrará na área central do município e na Área Verde que funcionará apenas nos meses de alta temporada compreendendo toda a extensão da Avenida Beira-Mar.

Em entrevista realizada para a Rádio Maristela na manhã desta quarta-feira, o prefeito Carlos Souza ressaltou a importância da criação desse sistema e salientou que nesta versão serão criadas aproximadamente metade das criadas na versão anterior do projeto e que a iniciativa é muito importante para a mobilidade urbana.

Ainda em sua fala, Carlos argumenta que as vagas criadas para o Estacionamento Rotativo serão apenas na Zona Central da cidade, afim de democratizar o trânsito para toda a população que transita diariamente e que haverá diversas ruas onde o estacionamento continuará sendo gratuito, tornando opcional pagar ou não pelo estacionamento.

O prefeito citou no decorrer de sua fala que parte do valor arrecadado com a taxa do estacionamento (20%) será revertida para a Secretaria de Cultura e Esporte do município e que outra parcela (80%) será direcionada aos investimentos em infraestrutura viária de Torres.

A partir de agora, a Comissão irá analisar o teor da audiência realizada para contribuir na elaboração do projeto que será enviado à Câmara Municipal dos Vereadores de Torres para apreciação dos mesmos, ainda sem data determinada.

O material apresentado pela Comissão durante a audiência representa a proposta inicial ao projeto, a mesma poderá sofrer alterações ao ser encaminhada à Câmara Municipal e poderá ser realizada nova audiência pública para ajustes.

Área Azul:

– A área azul compreenderá o perímetro central da cidade e funcionará nos doze meses do ano;

-Terá tempo de permanência de no máximo 4 (quatro) horas;

– Os valores serão progressivos, de acordo com o tempo de permanência do usuário;

Foto: Área Azul do novo Estacionamento Rotativo

Área Verde:

– A área verde compreenderá toda a extensão da Av. Beira Mar e funcionará apenas nos meses da alta temporada, compreendida entre os dias 15 de dezembro a 15 março;

– Terá tarifa única para a diária;

– Não terá tempo máximo de permanência;

– Não será necessário renovar ou realocar o veículo.

Foto: Área Verde do novo Estacionamento Rotativo

Datas festivas e Eventos

– Em datas festivas ou eventos, o Município de Torres poderá suspender o trânsito e estacionamento de veículos nas vias que se refere esta Lei.

Foto: Área total que fará parte do novo Estacionamento Rotativo.

Clique aqui e confira a entrevista completa do prefeito Carlos Souza à Rádio Maristela.

Com informações ASCOM PMT.

Fotos: Divulgação Projeto Estacionamento Rotativo/PMT

Estagiária Heloísa Cardoso, sob supervisão de Leonir Alves.