Considerando como base o ano de 2015, o Brasil já ocupava o 5º lugar dentre 83 países, no ranking mundial de feminicídios (Mapa da Violência, 2015).

No ano passado, 2021, em média, o Brasil registrou um estupro de mulher a cada 10 minutos e um feminicídio a cada 7 horas. No RS, foram 221 homicídios contra mulheres em 2020, sendo 80 desses casos (36% dos assassinatos) registrados como feminicídio.

Os dados são apresentados no Relatório da Força-Tarefa de Combate aos Feminicídios da Assembleia Legislativa do RS, destacando também o trabalho da Rede Lilás de Torres que atua articulada com o sistema judiciário, ajuizando ações civis cobrando a execução de políticas públicas por parte dos municípios.

Os dados do Relatório expõem a grave realidade da violência doméstica e familiar que, em situação extrema, ceifa a vida das mulheres e compromete o futuro da família, principalmente de seus filhos e dependentes.

Confira o relatório na íntegra: