Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil (PC) deflagrou ontem, terça-feira (30), uma operação batizada de Luce, com o objetivo de combater o furto de energia elétrica em Capão da Canoa e Xangri-lá. De acordo com a Policia Civil, 192 estabelecimentos comerciais foram fiscalizados.
Foram encontradas irregularidades em quatro locais e os proprietários acabaram presos e autuados em flagrante pelo crime de furto qualificado. Segundo o delegado Luciano Dias Peringer, a operação contou com o apoio da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) e a ação visa coibir o crime de furto qualificado de energia elétrica, pois, além de gerar grandes perdas na rede de energia, com prejuízos arcados por toda a população, a conduta gera perigo e instabilidade na rede energética.
Os nomes dos empresários e dos estabelecimentos não foram divulgados pelo delegado, mas segundo ele, dois homens foram presos em Capão Novo, um em Capão da Canoa e o outro em Xangri-Lá.
 

Fonte: Litoral na Rede