Uma recicladora de lixo foi morta a facadas dentro de casa, na madrugada desta sexta-feira (09), em Mostardas. O crime ocorreu por volta da 1h na residência da vítima, localizada na Rua Arno Inácio de Souza, Bairro Sul Baixada.
Logo depois, a casa ao lado, foi incendiada e destruída pelo fogo. A Brigada Militar isolou o local para realização da perícia. O levantamento do foi realizado durante a manhã. Conforme a BM, a casa queimada seria de um sobrinho da mulher morta, que tem envolvimento com drogas e está preso. O nome da vítima não foi informado.
O sobrinho seria um dos traficantes presos pela BM, após tiroteio e perseguição há um mês em Tavares. Os policiais militares, prenderam nesta ocorrência, dois homens e uma mulher e apreenderam armas, drogas, dinheiro e um veículo.
A Polícia Civil já iniciou as investigações. O delegado responsável pelo Município, André Rose, e policias civis estiveram no local do assassinato e do incêndio acompanhando o trabalho dos peritos. Rose não informou as
hipóteses que estão sendo apuradas para não atrapalhar o trabalho dos investigadores.
 
 

Fonte: Litoral na Rede