A Brigada Militar prendeu uma mulher acusada de utilizar perfis fakes nas redes sociais e também em grupos de WhatsApp, para vender objetos furtados no Litoral Norte. O caso ocorreu na tarde de ontem (02), na Avenida Paraguassú, no bairro Capão Novo, em Capão da Canoa.
Em sua residência foram localizados diversos objetos sem procedência, como: quatro Tvs LCD, três fornos
elétricos, três botijão de gás, três aspirador de pó, duas máquinas de cortar grama elétrica, máquina de cortar
grama a gasolina, roçadeira a gasolina, três motosserra, furadeira, serra circular com bancada, duas serras
circular, patinete elétrico, notebook e violão.
Aos policiais ela disse que o material era trazido para casa pelo seu companheiro que não foi encontrado.
 
Fonte: LitoralMania