Um trabalho de rotina que quase vira em tragédia no extremo sul catarinense. Por volta das 11h, de quinta-feira, 19, uma abordagem de trânsito termina em confronto entre um motorista e policiais militares do município de Passo de Torres. A ocorrência foi na rua Beira Rio (próximo a Cidasc).

Durante uma barreira policial de rotina a guarnição policial 5770 abordou o veículo VW/GOL conduzido por N.S.C.. Em consulta no sistema a PM verificou que o carro estava com o licenciamento vencido, além de outras irregularidades. De acordo com o sargento Antônio, da PM de Passo de Torres, o motorista foi informado que o automóvel seria removido para o pátio da concessionária. Foi então que toda a confusão começou.

Insatisfeito com a decisão dos PMs, o homem -que dirigia o carro com documentos vencidos – socou a guarnição da polícia e trocou xingamentos com policiais. “Ao receber a voz de prisão por desacato o motorista mostrou um facão e fez ameaçadas a equipe”, completa o sargento.

Foi solicitado que ele largasse a faca e depois disso os policiais foram tentar algemar o indivíduo que se esquivou e acabou dando um estrangulamento em um dos PMs. O policial desmaiou e foi necessário o uso de balas de borrachas para controlar o motorista.

O homem foi preso e encaminhado para a delegacia de polícia de Passo de Torres e posteriormente levado ao Presídio de Araranguá. E o policial, após cuidados médicos no hospital de Torres, recebeu alta e passa bem.

Fonte: Portal Litoralsul