Polícia Civil de Torres coopera com a operação “Feliz Mano Novo” de Santa Catarina

0
107

Na manhã desta sexta-feira,10 de janeiro, policiais civis da Delegacia de Polícia de Torres, Seção de Investigação, coordenados pelo delegado Juliano Aguiar de Carvalho, em apoio à Polícia Civil de Santa Catarina, cumpriram mandado de prisão preventiva por tráfico. A prisão foi efetuada na Vila São João/Torres. O mesmo foi encaminhado à DP de Torres para os procedimentos legais.

Sobre a operação “Feliz Mano Novo”

A Polícia Civil de Sombrio desencadeou no amanhecer desta sexta-feira, 10, uma mega operação denominada “Feliz Mano Novo” que tinha como objetivo desmantelar um grupo criminoso do Rio Grande do Sul que estava invadindo o Estado de Santa Catarina e fixando bases em Sombrio e região.

Foram cumpridos 20 mandados de prisões preventivas e também 20 mandados de busca e apreensão. Os mandados foram cumpridos em Sombrio, Balneário Gaivota, Araranguá, Santa Rosa do Sul, Torres, Osório, Montenegro e Santa Maria, esses quatro últimos no estado gaúcho. Ao todo foram 18 prisões efetuadas, como também apreensões de armas e drogas (cocaína e crack) e um montante em dinheiro.

A operação contou com aproximadamente 100 policiais civis das delegacias de Criciúma e das delegacias do Vale do Araranguá, apoio de policiais civis do Estado do Rio Grande do Sul, Policiais Militares e agentes penitenciários – já que alguns desses 18 presos, 7 já se encontravam presos em unidades prisionais.

Conforme o delegado Luís Otávio Pohlmann, que comandou os trabalhos, o chefe do grupo criminoso se encontrava recluso na penitenciária de Montenegro/RS, de onde comandava e dava as ordens aos subordinados.

Central de Jornalismo – Rádio Maristela, com informações da Polícia Civil de Torres e Sombrio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui