No início da tarde deste domingo, dia 12 Um pescador que tem o costume de ir às dunas observar o mar, encontrou os restos mortais por volta das 12h40min, acionando a Polícia Militar que constatou os fatos. A área foi isolada até a chegada da Polícia Civil, Instituto Geral de Perícias (IGP) e Instituto Médico Legal (IML). O IGP com auxílio do detector de metais encontrou dois projéteis de diferentes diâmetros em meio à ossada, provavelmente de calibres distintos. Tudo indica se tratar de uma ossada feminina, contudo somente um exame de DNA irá apontar a qual sexo pertence, assim como sua identificação. Pelo estado cadavérico acredita-se que o homicídio tenha sido praticado há mais de um mês e provavelmente no local onde a ossada foi encontrada.

Junto à ossada também foram encontrados um casaco de lã escuro, aparentemente um vestido, uma sandália de cor roxa e uma prótese dental parcial removível.

Qualquer informação que leve à identificação da vítima pode ser repassada via WhatsApp (48) 99855-4335 da Divisão de Investigação Criminal de Araranguá ou através do telefone (48) 3529 0275 do IML.

Fonte e fotos: Portal AgoraSul