O agricultor tem em sua história a força que movimenta o presente e vislumbra um futuro promissor. Em uma região extensa territorialmente, como o Vale do Araranguá,
a produção agrícola se destaca como uma das principais atividades econômicas da região. Seja no arroz, milho, grãos ou na pecuária, o produtor rural é quem semeia o
desenvolvimento do extremo sul, colhendo todos os anos o sustento de sua família e
de milhares de brasileiros.

Para possibilitar que o produtor rural mantenha sua produção, o Governo Federal anuncia anualmente o Plano Safra, que tem o objetivo de garantir o custeio agrícola das famílias de pequeno e médio porte. E uma das instituições que mais prezam pelo agricultor é o Sicoob Credisulca.

Segundo o Presidente da cooperativa, Sr. Romanim Dagostin, o Plano Safra 2020/2021 já está disponível para contratação. “Todos os anos somos uma
das cooperativas que mais incentivam a produção agrícola e este ano não seria
diferente. Estamos em campanha com o Plano Safra, oferecendo taxas atrativas
para que os nossos associados do campo possam fazer todo o custeio da sua
produção”, destacou.

Custeio para a lavoura e pecuária

Com o crédito adquirido por meio do Plano Safra, o produtor poderá garantir a compra de insumos, tratos culturais e a colheita do ciclo da lavoura, além de poder investir, modernizar e ampliar a produção. O Equipamentos para mais 10 leitos de UTI
do Hospital Regional chegam hoje mesmo vale para a pecuária, com a compra de animais, ração e vacinas.

Este ano as taxas de juros diminuíram, com custeio via Pronaf a partir de 2,75% ao
ano. Para contratar o plano, o agricultor deve entrar em contato com o Sicoob Credisulca. Os endereços das agências da cooperativa podem ser acessados em
www.credisulca.coop.br.


Fonte e foto: Felipe Balthazar / Sicoob Credisulca