Foto: Saul Teixeira / Ascom SOP

O secretário de Obras e Habitação, José Stédile, e o secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Mauro Hauschild, assinaram, nesta terça-feira (12/1), a ordem de início das obras do Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Osório. O governo do Estado investirá R$ 21.042.875,31, com recursos provenientes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), parte do Programa de Oportunidades e Direitos (POD). A previsão para execução da obra é de 12 meses.

O Case de Osório será construído na ERS-030, no loteamento Serramar, em terreno de 31,8 mil metros quadrados e área construída de 4,6 mil metros quadrados.

“É uma obra de grande impacto social, que vai permitir a ressocialização e a integração de jovens. Eles terão nessa nova unidade, moderna e adaptada à legislação mais atualizada do Sinase (Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo), a perspectiva de reconstruir a vida a partir da formação, do aperfeiçoamento profissional, agregando novos valores. Uma obra que é o resultado do esforço conjunto das duas secretarias”, disse o secretário Hauschild.

Stédile também destacou a importância do trabalho conjunto das pastas e do projeto para o Estado. “Hoje estamos comemorando a assinatura desta obra que será de grande importância para sociedade gaúcha. Formamos aqui uma grande equipe, que trabalha para melhorar a qualidade de vida do povo gaúcho”, afirmou.

Acompanharam a assinatura o presidente da Fundação de Atendimento Sócio-Educativo (Fase), Antônio Carlos Rocha Almeida, a coordenadora da UET/BID, engenheira Claudia Gaier, e a diretora de Obras Públicas, arquiteta Caroline Rigon Benedetti.

Fonte: Governo do RS