APMSMS

Apesar de todos os focos estarem voltados para a pandemia de covid-19, outra epidemia também continua ativa e vem crescendo em Santa Catarina. A Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina divulgou o boletim atualizado sobre a situação de dengue, febre de chikungunya e zika vírus no estado. De acordo com o levantamento, três municípios do extremo sul catarinense estão infestados pelo mosquito causador da dengue, o Aedes aegypti, sendo eles: Araranguá, Passo de Torres e Sombrio.

Entre os principais sintomas da dengue estão febre alta, dor de cabeça, fraqueza, dores no corpo, nas articulações e no fundo dos olhos. Em 50% dos casos também ocorre a manifestação de manchas pelo corpo. O boletim foi realizado entre 29 de dezembro de 2019 e 02 de janeiro de 2021. Comparando ao mesmo período da pesquisa anterior, foram mais 10.342 novos focos — um aumento de cerca de 34%.

Fonte: Portal Agora Sul