Três novos focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, Zika e Chikungunia foram encontrados em um bairro da zona sul do Balneário Gaivota.

De acordo com o agente de endemias, Rafael Rodrigues, os focos foram encontrados em duas armadilhas instaladas na área e em garrafas com água acumulada. Outro varredura foi realizada na área e não foram encontrados outros focos.

“Reforçamos aos moradores para que mantenham os locais limpos, livres de vasilhames que possam acumular água limpa ou suja e virar criadouro do Aedes aegypti. Outra preocupação é com os terrenos baldios, que por falta de limpeza acabam acumulando água da chuva e algum material que vire criadouro. A prefeitura faz a notificação, envia ao proprietário e se não for resolvido, gera multa”, afirma o agende. 

Atualmente existem 45 armadilhas espalhadas pelos principais pontos do município. Outro fator de risco para que o mosquito da dengue se prolifere são os sofás velhos e materiais eletroeletrônicos. Para denuncia de possíveis focos no município, basta contatar através do telefone (48) 3583-0223 ou o e-mail: epidemiobgaivota@gmail.com




Fonte: Jornal Nortesul