O Conselho Comunitário Pro-Segurança Pública de Torres tem nova diretoria, conforme eleição e posse, na presença de autoridades e representantes da sociedade civil, na última segunda-feira, 02 de agosto.

O presidente eleito foi o empresário Nasser Samhan, que já esteve à frente da entidade em outra oportunidade. Para a vice-presidência foi eleito o advogado César Grazziotin.

O Consepro foi criado com o propósito de contribuir para melhorias e atender necessidades específicas do sistema de segurança pública do Município, especialmente naquilo que o Estado não consegue suprir. O Conselho articula meios para auxiliar as forças de segurança, como por exemplo, na aquisição de bens e investimentos naquilo que o orçamento das polícias não alcançam. A diretoria e conselhos são eleitos por pessoas da comunidade e atuam de forma voluntária, sem remuneração e nenhum tipo de ajuda de custo.

De acordo com o ex-presidente do Consepro/Torres, Sérgio Bonfanti, que na nova diretoria passa a segundo secretário, em nome da gestão de 2019/2021, agradeceu o apoio recebido pela sociedade torrense, pela Promotoria de Justiça de Torres e Poder Judiciário da Comarca de Torres, além de outras entidades, em favor da Polícia Civil e da Brigada Militar.

Já, o presidente eleito, Nasser Samhan, agradeceu a participação de todos e disse que fará o melhor possível pela Segurança Pública do Município.

Assembleia Geral do Conselho Comunitário Pro-Segurança Pública de Torres / Foto: CONSEPRO – Divulgação

A nova diretoria para o Biênio 2021/23 fica composta pelos seguintes membros:

Presidente: Nasser Samhan

Vice-Presidente: César Grazziotin

Secretário: Rossano Freitas

Segundo Secretário: Sérgio Bonfanti

Tesoureiro: Willians Pinho

Segundo Tesoureiro: Lori dos Santos

Conselheiros Fiscais:

Rafael da Silveira Elias

Maico de Matos Souza

Rodrigo Gobbi

Rodrigo Dimer

Renato Mariano dos Santos

Gibraltar Vidal

Participaram da Assembleia Geral de eleição e posse as seguintes autoridades: delegado de polícia civil aposentado, Álvaro Ribeiro de Oliveira Neto; promotores de Justiça, Márcio Roberto de Carvalho e Rodrigo Sander; prefeito municipal, Carlos Souza; presidente do Rotary Clube de Torres, Jorge Palombo Rodriguez; delegado de Polícia Civil, Juliano Aguiar de Carvalho; comandante da Brigada Militar, primeiro-tenente Fabiano Cardoso; Comandante Rodoviário, a segunda sargento, Lucimar Kurtz e primeiro sargento da PATRAM, Rogério de Quadros Teixeira.