A Polícia Rodoviária Federal de Santa Catarina prendeu na quarta-feira (04/08), durante uma ação, o homem que esfaqueou um pastor em Capão da Canoa, na última segunda-feira (02/08). As buscas pelo homem iniciaram logo após a Polícia Civil suspeitar de que ele teria fugido do Rio Grande do Sul e estaria indo para São Paulo.

O homem, de 32 anos, foi encontrado no município de Paulo Lopes, nas proximidades da grande Florianópolis. Ele foi preso e encaminhado para um presídio de Santa Catarina.

Segundo o investigador da Polícia Civil de Capão da Canoa, Renato Toscani, a motivação do crime se deu pelo fato do suspeito não gostar de pastores da Igreja Universal, igreja onde o pastor trabalha.

O pastor levou sete facadas e foi encaminhado para o Hospital Santa Luzia para os primeiros socorros, após transferido para Porto Alegre onde está sendo tratado. Ele não corre risco de vida.

A identidade do suspeito não foi divulgada.