O cantor e compositor nativista do Litoral Norte, Beto Mayer, faleceu nesta manhã de sexta-feira (27/08), em decorrência de complicações da Covid-19. Ele estava internado desde o dia 06 de agosto no Hospital São Vicente de Paulo, em Osório.

Seu estado era grave e no último dia 13 de agosto ele foi intubado na tentativa de diminuir os esforços físicos. Nos dias seguintes apresentou quadro estável, mas continuou intubado segundo os boletins médicos divulgados.

Conforme informações apuradas pela Central de Jornalismo, o cantor não havia tomado nenhuma dose de vacina contra a Covid-19.

Reprodução Facebook Beto Mayer

Na página oficial do cantor a família comunicou o falecimento nesta manhã e informou que o velório será realizado a partir das 14h até às 11h de sábado (28/08), na Capela Fênix (Rua General Osório, 584, bairro Santa Luzia, em Capão da Canoa).

Beto Mayer era morador de Capão da Canoa, tinha 54 anos, 25 destes dedicados ao tradicionalismo gaúcho. Gravou nove discos e era participante assíduo do programa Galpão Crioulo da RBSTV. Beto deixa esposa e dois filhos.