Homicídio registrado no sábado, 28 de agosto, no centro de Torres em edifício localizado na esquina da Avenida Silva Jardim com a Rua Borges de Medeiros, próximo ao Banrisul, vitimou o professor Cleberton Santos Pacheco, 45 anos, conhecido por Gordo.

De acordo com informações preliminares, uma mulher teria golpeado seu parceiro com uma faca, após uma discussão, e este teria falecido em decorrência de uma hemorragia na veia femoral.

Em depoimento à Polícia Civil, a mulher, que possuía uma medida protetiva contra a vítima, alegou que agiu em legítima defesa, visto que o homem tentou agredi-la, utilizando força física e realizando ameaças.


Segundo relato da mãe da vítima, Maria das Dores Santos, conhecida por Nina, desde 2016 o casal vivia uma relação com episódios de brigas e agressões por parte da mulher. E, seguidas vezes, após as brigas e agressões, reatavam o relacionamento por insistência da mulher.

A mãe confirmou ainda que mesmo com a medida protetiva contra a vítima, ambos seguiam com o relacionamento e que o motivo que levou a morte da vítima foi uma briga por ele estar programado para ir a um aniversário de um primo na noite do crime.

A Delegacia de Polícia Civil de Torres está investigando o caso.