A agricultura familiar de Santa Catarina contará com R$ 300 milhões em investimentos para minimizar os impactos da estiagem nos próximos três anos. Já em 2021, serão destinados R$ 100 milhões para o Programa SC Mais Solo e Água, que apoia a captação, armazenagem e distribuição de água, além da conservação de fontes e nascentes.

O Programa SC Mais Solo e Água agrega os Programas Prosolo e Água SC e o Investe Agro SC – Água para o Campo. É a soma de duas linhas de ação executadas na Secretaria da Agricultura: financiamentos sem juros para produtores rurais e subvenção de juros de financiamentos contratados junto ao agente bancário.

Com o Prosolo e Água, além de oferecer financiamentos sem juros, a Secretaria de Estado da Agricultura garante a subvenção entre 50% e 75% nos investimentos voltados para captação, armazenagem e distribuição de água. Ou seja, o agricultor irá pagar apenas metade ou um quarto do valor financiado.

Na linha Água para Todos, os produtores têm acesso a até R$ 100 mil, sem juros e com quatro anos de prazo para pagar. Podem ser feitos investimentos em captação, armazenagem, tratamento e distribuição de água na propriedade rural. Os beneficiários adimplentes terão uma subvenção de 50% no valor das parcelas, em outras palavras, o governo do Estado pagará metade do financiamento.

Fonte: Secom Governo de SC / Foto: Julio Cavalheiro/Secom