Mesmo com o fim das operações da rodoviária de Torres em seu antigo endereço, localizado na Avenida José Bonifácio, 524, e com a indefinição do local onde será a nova rodoviária, serviço de transporte de ônibus não será interrompido no município, e passageiros poderão seguir viajando para Torres e outras cidades, a partir de 1° de outubro de 2021.

O Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer RS) alega que oficiou a prefeitura de Torres na semana passada, pedindo que a mesma indicasse um ponto de parada para os ônibus que operam atualmente no município, mesmo que provisoriamente. A medida seria necessária, já que a antiga rodoviária encerrou as suas atividades nesta quinta-feira, 30 de setembro.

Em entrevista ao programa Revista Maristela, nesta quinta-feira, 30 de setembro, o diretor de transportes do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer RS), Lauro Hagemann, explicou que esse sistema da utilização de um ponto provisório, é instaurado pelo Daer em cidades do Rio Grande do Sul onde, por ventura, se fique sem a referência da rodoviária, como é o caso agora de Torres: “Isso é recorrente, em várias cidades do estado a gente fica sem (a rodoviária) e depois consegue retomar” apontou Hagemann .

Como ainda não houve uma manifestação formal da prefeitura de Torres, indicando o local desse ponto de parada, o diretor informou que pediu as empresas de ônibus que fossem até o mais próximo da antiga rodoviária possível, e de preferência estacionem ao longo da via. “Claro que a fiscalização de trânsito do município pode orientar um novo local, e a gente vai se submeter e respeitar isso” explicou o diretor.

De acordo com o Daer, esse sistema terá disponibilidade tanto para quem embarca, quanto para quem desembarca. As empresas Unesul e São Marcos já estão disponibilizando um funcionário que fique no local, aguardando as pessoas que queiram adquirir passagens. No caso da não existência desse profissional num primeiro momento, haverá a possibilidade do passageiro adquirir a passagem após embarcar, já no interior do veículo.

Até o presente momento da publicação desta matéria, a assessoria comunicação da prefeitura de Torres não se manifestou em relação a definição do local onde será o ponto de ônibus.

Viabilidade da instalação da nova rodoviária:

Na avaliação do Daer, dentre as duas alternativas de locais para a instalação da nova rodoviária, o mais viável é a antiga Churrascaria Mirim, localizada na Estrada do Mar. O diretor de transportes do Daer declarou que o departamento terá que fazer intervenções na estrada, que segundo ele garantem a segurança e melhor mobilidade urbana.

Foto: Maria Stolting / Rádio Maristela

Após visitar o local, para entender a manobra que os ônibus precisarão fazer sobre o eixo da Estrada do Mar, neste momento o Daer está confeccionando um croqui de ajustes na rodovia, onde constará os locais da sinalização necessária e demais alterações a serem feitas.

O Daer não estipulou prazo mas a aprovação e autorização do uso do local pela empresa Kurz e Leal Ltda, empresa que venceu o processo licitatório e passará a operar a nova rodoviária, mas declarou que trabalha nisso com prioridade total.

O diretor de transportes, Lauro Hagemann, frisou que quem emite o alvará e permite e a instalação do serviço no local, baseado no plano diretor, mobilidade e outros diversos favores, é a prefeitura do município, neste caso, a prefeitura de Torres.


Assista a entrevista completa com o diretor de transportes do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer RS), Lauro Hageman no programa Revista Maristela: