Após denúncia do grupo de voluntários Guardiões da Natureza, de que despejos clandestinos de esgoto estariam sendo realizados na Lagoa do Violão, em Torres, o secretário de meio ambiente e urbanismo, Júlio Agápio e o biólogo da pasta, Rodrigo de Rose estiveram no local, fazendo vistorias.

O objetivo da ação foi verificar pontos de despejos clandestinos de esgoto que, segundo a prefeitura, serão lacrados. O secretário Júlio cita que a região possui rede de coleta de esgoto, logo, os canos clandestinos devem e serão fechados. “Torres é um dos municípios do Estado com maior percentual de tratamento de esgoto. Em locais onde há rede, não se pode admitir ligações diretas, em especial indo para a Lagoa”, destaca.

Os voluntários Guardiões também participaram da vistoria. O grupo atua na limpeza da lagoa e do canal da avenida do Riacho, com ações frequentes.

A prefeitura de Torres não divulgou a data limite para que as saídas de esgoto sejam lacradas. Esse procedimento será realizado pela secretaria de obras do município.

De acordo com a secretaria, o trabalho realizado é de interesse social e feito com dedicação e desprendimento.

Voluntários Guardiões da Natureza e secretário do meio ambiente de Torres, Júlio Agápio. Foto: ASCOM PMT



Fonte: ASCOM PMT