As tratativas entre Imbé e Osório seguem avançando para efetivar novas ligações entre os municípios, por meio dos Balneários de Imara e Atlântida Sul. Em reunião realizada na última segunda-feira (18), os prefeitos dos dois municípios junto com suas equipes técnicas alinharam mais alguns pontos. O projeto vem sendo trabalhado há algumas semanas e nos próximos dias deverá ser concretizado.

Segundo a prefeitura de Imbé, uma das propostas apresentada em fevereiro pelo vereador Caio Sant’ana é unir as duas pontas da Avenida Paraguassú, criando uma via direta que fará a ligação do Balneário Imara, em Imbé, com a praia de Atlântida Sul, em Osório.

O prefeito de Imbé, Ique Vedovato, diz que entre as duas cidades existe um trecho de aproximadamente 1,6 km por onde deveria passar a via, mas que não há pavimentação ou demarcação que permita o tráfego de veículos. “Nossa ideia é buscar as licenças necessárias e viabilizar a construção desta nova opção de ligação entre os municípios”, explica o prefeito.

Foto: Marcel Avila/Ascom PMO

Outra proposta discutida entre os prefeitos é a reconstrução da Avenida Beira-Mar, conhecida como Interpraias, que hoje é a atual ligação secundária entre os municípios. O trecho tem sofrido constantemente com a erosão causada pela ressaca do mar. “A ideia para esse trecho é que o atual traçado seja modificado, recuando mais ao sentido oeste, que é o oposto da praia, permitindo assim a recomposição das dunas frontais na área que hoje é ocupada pela pista. Desta forma, as dunas voltariam ao seu lugar natural e ajudariam a proteger a estrada”, detalha Vedovato.

Para o chefe do Executivo de Osório, Roger Caputi, as pautas são importantes para as duas cidades e melhorias são necessárias. “Já realizamos outros encontros e colocamos nossa equipe técnica à disposição para trabalhar em parceria com o governo de Imbé no andamento dessas duas questões, as quais são vitais para o desenvolvimento dos dois balneários e também dos municípios”, observa Caputi.

Na próxima semana, os municípios realizarão nova reunião, em Imbé, juntamente com os técnicos e representantes da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) para tratar das licenças ambientais necessárias para o progresso das duas obras.

Com informações da Ascom PMI/Talis Ramon