Com o intuito de oficializar a união, a Secretaria de Assistência Social e Habitação de Araranguá, realizará o 1º Cerimonial Público de Casamento Coletivo, a ser realizado no dia 18 de dezembro, às 09 horas, em local ainda a ser definido, conforme a assessoria municipal de imprensa.

Pode se inscrever casais que ainda não tiveram a oportunidade de oficializar sua união. As inscrições começam nesta quinta-feira, dia 21, e segue até o dia 18 de novembro, na sede da Assistência Social, que fica na Avenida XV de Novembro, nº 200, no horário das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30. 

Segundo a Secretário de Assistência Social, Cláudia Pastorini, o casamento comunitário é importante não só para dar segurança jurídica aos cônjuges: “A Certidão de Casamento facilita acesso a programas sociais, aposentadorias entre outras questões” pontuou a secretária.

O 1º Cerimonial Público de Casamento Coletivo de Araranguá tem a parceria com o Cartório Daniela Araújo Marcelino que oficializará gratuitamente as uniões dos casais. Interessados devem contatar pelo telefone (48) 3521-3500.

Documentos necessários

Para participar do casamento coletivo, os casais devem apresentar os seguintes documentos pessoais:

  • Carteira de identidade e comprovante de residência em Araranguá;
  • Certidão individual da Vara de Família, onde realizaram o divórcio atestando que os bens foram partilhados;
  • Os viúvos devem apresentar certidão de casamento com averbação de falecimento do cônjuge (validade de seis meses), certidão dos bens com conclusão do inventário, carteira de identidade e comprovante de residência;
  • Jovens com idade inferior a 18 anos, deverão ter autorização dos pais ou responsáveis legais.


    Fonte: Portal AgoraSul